Home Posts ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA DE QUALIDADE PARA USUÁRIOS DO SUS

ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA DE QUALIDADE PARA USUÁRIOS DO SUS

 
CONSELHO DE FARMÁCIA ABRE INSCRIÇÕES PARA CAPACITAR  PROFISSIONAIS EM SERVIÇOS DE CUIDADO FARMACÊUTICO NO SUS
 
17904057_1271162726331399_5121183280270557739_n (1)
 
O Conselho Federal de Farmácia (CFF) convida os profissionais da área a participar do projeto “Cuidado Farmacêutico no Sistema Único de Saúde (SUS) – Capacitação em Serviços”. A oportunidade de capacitação foi idealizada pelo Grupo de Trabalho sobre saúde pública/CFF, coordenado pelo vice-presidente do CFF, Valmir de Santi. Os interessados poderão se inscrever até o dia 28 de abril.
O desafio é ampliar a participação do farmacêutico no SUS e harmonizar termos, conceitos e processos de trabalho relacionados à atuação clínica desse profissional. “Nosso objetivo é fazer com que os profissionais participantes conheçam, compreendam e apliquem o raciocínio clínico, no sentido de aprimorar o cuidado farmacêutico no âmbito do SUS”, destaca Valmir de Santi.
A metodologia desenvolvida permite ao CFF, por meio dos conselhos Regionais, reunir dezenas de farmacêuticos nos municípios e implantar os cuidados farmacêuticos em sua cidade, com o acompanhamento de tutores que darão consultoria após o curso (veja, abaixo, o passo a passo da inscrição).
A realização do projeto demandará, ao todo, 11 meses de trabalho. Para o presidente do CFF, Walter da Silva Jorge João, a iniciativa proporcionará, ao CFF, as condições para acompanhar o desenvolvimento da assistência farmacêutica pública nos municípios brasileiros, oferecendo todo o apoio necessário. “Além disso, queremos contribuir para ampliar a participação dos farmacêuticos no SUS, por meio do incentivo à sua atuação clínica. Hoje, muitos continuam relegados às funções administrativas, apesar da grande contribuição que podem prestar aos usuários dos serviços de saúde.”
A capacitação terá carga horária total de 80 horas, distribuídas em cinco módulos presenciais de 16 horas, que serão ministrados a cada 15 dias. Serão criados 14 centros de formação, em 2017, para atender cerca de 300 municípios com a capacitação e a implantação de serviços de cuidados farmacêuticos nos postos de saúde do SUS.
 
Saiba mais:
 
O que?
Projeto Cuidado Farmacêutico no Sistema Único de Saúde (SUS) – Capacitação em Serviços
 
Prazo para inscrições
Até 28 de abril de 2017
 
Público-alvo
Farmacêuticos que atuam na atenção básica do Sistema Único de Saúde (SUS)
 
Como se inscrever
1 – Articule-se!
Converse com os farmacêuticos da atenção básica de seu município e de municípios vizinhos sobre o projeto. Uma maneira mais fácil de promover essa articulação é buscar o apoio do seu CRF, das secretarias de saúde (estadual/municipais) ou do Cosems (Conselho de Secretarias Municipais de Saúde).
2 – Constitua um polo.
Cada polo pode ter de 40 a 50 farmacêuticos, obrigatoriamente atuantes na atenção básica. O polo pode ter profissionais de um ou mais municípios. Se for formadoLI por um grupo de municípios, estes podem pertencer a regiões de saúde diferentes, desde que sejam de um mesmo estado.
 3 – Reúna a documentação exigida (veja a lista) e faça cópias digitais de todos os documentos.
 

 
LISTA DE DOCUMENTOS
·           Certificado de conclusão do curso de Prescrição Farmacêutica no Manejo de Problemas de Saúde Autolimitados ou comprovante de inscrição no mesmo (o curso é gratuito e pode ser feito on-line. Para cursar acesse www.profar-cff.org.br)
 
·           Carta de apresentação de cada município, constando:
ü  Termo de anuência assinado pelo secretário municipal de saúde. Neste termo, ele deverá declarar formalmente que concorda com a implantação do projeto do cuidado farmacêutico em seu município; que assume o compromisso de liberar os farmacêuticos inscritos para participar das atividades presenciais; e que arcará com o custo de deslocamento e alimentação dos mesmos, viabilizando a sua participação nestas atividades.
 
ü  A descrição dos equipamentos de saúde do município e os dados sobre a população, bem como o seu perfil epidemiológico;
 
ü  Os documentos comprobatórios da gestão da Assistência Farmacêutica (item dos critérios de seleção).
 
ü  A relação dos farmacêuticos que serão incluídos no projeto, juntamente com a documentação que comprove o vínculo formal.
 
 
·           Comprovante de indicação do farmacêutico que coordenará a logística local para a realização das capacitações e assessorias do projeto no município ou região de saúde.
 

4 – Eleja o representante do polo
5 – Preencha o formulário e envie. A inscrição é gratuita.
Atenção!
Lembre-se que é necessário também encaminhar as cópias digitais dos documentos exigidos.
No caso de o polo ser independente de entidade, a documentação deve ser encaminhada pelo responsável. No caso de polo organizado com a intermediação de entidade, essa entidade deverá se encarregar do encaminhamento dos documentos.
O endereço de e-mail para o envio, independentemente da situação, é gtsaudepublica@cff.org.br
Para tirar dúvidas e acessar o formulário, clique no link http://migre.me/wsBUp

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -

Mais Lidas