Home Posts DIA NACIONAL DE PARALISAÇÃO E MOBILIZAÇÃO DA CLASSE TRABALHADORA

DIA NACIONAL DE PARALISAÇÃO E MOBILIZAÇÃO DA CLASSE TRABALHADORA

Plenária da 15ª Conferência Nacional de Saúde, manifestantes com gritos e bandeiras em defesa do SUS.
FOTO – Luiz Henrique Parahyba

As principais centrais sindicais do Brasil – CUT, CTB, UGT, Força, NCST, CSP-Conlutas e Intersindical –, e as entidades que formam as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo realizam no próximo dia 22 o Dia Nacional de Paralisação, rumo à greve geral – Nenhum direito a menos.
As paralisações, atrasos na entrada, assembleias nas portas dos locais de trabalho, passeatas e manifestações ocorrerão durante todo o dia em todo o País.
São Paulo
Em São Paulo, berço do golpe, às 10h, trabalhadores iniciarão uma concentração na frente da FIESP, Avenida Paulista, 1313, onde às 11h, os sindicalistas entregarão a diretores da FIESP a pauta em defesa dos direitos sociais e trabalhistas.
Às 15h, trabalhadores e militantes de várias categorias profissionais iniciarão concentração em frente ao Vão Livre do Masp, onde os professores da Rede Pública Estadual estarão reunidos em assembleia.
Às 16h, haverá um ato público com todas as categorias profissionais que vão participar do Dia de Paralisação.
Nenhum direito a menos
Além das dezenas de projetos que preveem a ampliação da terceirização apoiada por Temer, vários ministros do governo falaram em outras propostas que tiram direitos da classe trabalhadora, entre elas, a reforma da Previdência, com idade mínima de 65 anos e redução de benefício; mudanças na Lei trabalhista para permitir acordos de redução de salários, 13º e fatiamento das férias; e a PEC 241 que reduz os investimentos sociais, em especial nas áreas de saúde e educação.
manifestantes em Brasília em frente ao Congresso Nacional, acompanhando a votação de impedimento da presidenta Dilma. Um sol muito azul e as nuvens escuras em cima do prédio do senado federal
É contra esses ataques aos direitos sociais e trabalhistas que todos os trabalhadores têm de participar do Dia Nacional de Paralisação e se preparar para a greve geral, explica o presidente nacional da CUT, Vagner Freitas.
“Dia 22 de setembro, todos nós, trabalhadoras e trabalhadores, temos que estar nas ruas, dando um recado para esse governo golpista, dizendo que não vamos tolerar que mexam em nossos direitos. Rumo à greve geral”, convocou o dirigente.
As centrais sindicais defendem um projeto de desenvolvimento com geração de emprego e distribuição de renda, trabalho decente, aposentadoria digna e a redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais sem redução de salário.
Confira a agenda:
Acre
Educação: Paralisação das atividades, ato unificado e em conjunto com as Centrais Rumo a Greve Geral
Alagoas
Educação:
Paralisação das atividades, ato unificado e em conjunto com as Centrais Rumo a Greve Geral
Bancários: Orientação da Contraf para intensificar a greve no dia 22
Amazonas
Educação:
 Paralisação das atividades, ato unificado e em conjunto com as Centrais Rumo a Greve Geral
Bancários: Orientação da Contraf para intensificar a greve no dia 22
Amapá
Ato com as Centrais Sindical – Praça da Bandeira
Bancários: Orientação da Contraf para intensificar a greve no dia 22
Bahia
08h: Paralisação das categorias no início do expediente

A partir das 15h, as diversas categorias do estado se reunirão na Praça Campo Grande para realização de uma caminhada com a presença da presidenta legitima Dilma Rousseff, culminando com o grande ato político em defesa da democracia e dos direitos trabalhistas na Praça Castro Alves.
Educação: Paralisação das atividades, ato unificado e em conjunto com as Centrais Rumo a Greve Geral
Bancários: Orientação da Contraf para intensificar a greve no dia 22
Ceará
Educação:
 Paralisação das atividades, ato unificado e em conjunto com as Centrais Rumo a Greve Geral
Bancários: Orientação da Contraf para intensificar a greve no dia 22.
Distrito Federal
7h – Ato em frente ao Pátio Brasil – Setor Comercial Sul;
7h – Ato dos Servidores Públicos Federais – No Espaço do Servidor – Esplanada dos Ministérios;
7h – Assembleia por local de trabalho do Sindvalores
9h – Ato na CEB do Setor de indústria e Abastecimento –  S.I.A;
9h – Assembleia do SINDETRAN – No estacionamento do DETRAN Sede;
9h30 – Assembleia do SAE DF – Em frente à Câmara Legislativa do DF;
9h30- Assembleia do SINPRO DF – Em frente ao Palácio do Buriti;
10h – Ato do Sindser – Em frente ao TCDF
Tarde
14h – Ato Unificado em Defesa da Plataforma da Classe Trabalhadora – Em frente à Câmara Legislativa.
Denunciar os problemas que os servidores estão enfrentando com o governo Rollemberg e defender a plataforma da CUT: Nenhum Direito a Menos; Fora Temer e Greve Geral;
Noite
17h – Ato Fora Temer! Nenhum Direito a Menos! Organizado pelas Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo – No Museu da República com caminhada para o Congresso Nacional.
Espiríto Santo
Ato as 09h Em frente a ALES
Educação: Paralisação das atividades, ato unificado e em conjunto com as Centrais Rumo a Greve Geral
Bancários: Orientação da Contraf para intensificar a greve no dia 22
Goiás
Educação:
Paralisação das atividades, ato unificado e em conjunto com as Centrais Rumo a Greve Geral
Maranhão
Ato público com as centrais sindicais, às 15h, na Praça Marechal Deodoro
Educação: Paralisação das atividades, ato unificado e em conjunto com as Centrais Rumo a Greve Geral
Bahncários: Orientação da Contraf para intensificar a greve no dia 22
Minas Gerais
A Tarde – Audiência Pública na ALEMG
Educação: Paralisação das atividades, ato unificado e em conjunto com as Centrais Rumo a Greve Geral
Bancários: Orientação da Contraf para intensificar a greve no dia 22
Mato Grosso do Sul
08h – Audiência Publica Câmara Municipal sobre 257
15hs – Ato na Praça Antônio João
Educação: Paralisação das atividades, ato unificado e em conjunto com as Centrais Rumo a Greve Geral
Bancários: Orientação da Contraf para intensificar a greve no dia 22
Mato Grosso
Ato as 16h na Praça Ipiranga –  Centro de Cuiabá
Educação: Paralisação das atividades, ato unificado e em conjunto com as Centrais Rumo a Greve Geral
Bancários: Orientação da Contraf para intensificar a greve no dia 22
Pará
Ato público – concentração no Mercado de São Brás, às 9h, seguido de caminhada até a Praça da Republica. Com todas as categorias em greve e em luta! E com as centrais sindicais e movimentos populares. Rumo à GREVE GERAL
Educação: Paralisação das atividades, ato unificado e em conjunto com as Centrais Rumo a Greve Geral
Bancários: Orientação da Contraf para intensificar a greve no dia 22
Paraíba
04h00 – Piquetes nas empresas de transporte urbanos e na Estação Ferroviária;
10h00 – Concentração em frente ao Bompreço do Parque Solon de Lucena – Lagoa, e arrastão pelas ruas do comércio;
15h00 – Concentração em Frente ao Liceu Paraibano e marcha pelo centro até o Ponto de Cem Réis
Campina Grande
14h00 – Ato Público rumo à Greve Geral – Praça da Bandeira
Educação: Paralisação das atividades, ato unificado e em conjunto com as Centrais Rumo a Greve Geral
Bancários: Orientação da Contraf para intensificar a greve no dia 22
Pernambuco
15H – Em frente a FIEPE – Av. Cruz Cabugá, 767 – Santo Amaro – Recife
Educação: Paralisação das atividades, ato unificado e em conjunto com as Centrais Rumo a Greve Geral
Bancários: Orientação da Contraf para intensificar a greve no dia 22
Piauí
08h – Concentração na Praça da Bandeira – Teresina
Educação: Paralisação das atividades, ato unificado e em conjunto com as Centrais Rumo a Greve Geral
Bancários: Orientação da Contraf para intensificar a greve no dia 22
Paraná
Horário: Concentração às 18h
Local: Praça Santos Andrade, s/n, Centro.
Educação: Paralisação das atividades, ato unificado e em conjunto com as Centrais Rumo a Greve Geral
Bancários: Orientação da Contraf para intensificar a greve no dia 22
Rio de Janeiro
17hs – Passeata da Candelária até a ALRJ (Pela  Av. Rio Branco)
Bancários: Orientação da Contraf para intensificar a greve no dia 22
Rio Grande do Norte
Educação:
 Paralisação das atividades, ato unificado e em conjunto com as Centrais Rumo a Greve Geral
Bancários: Orientação da Contraf para intensificar a greve no dia 22
Rio Grande do Sul
Educação:
 Paralisação das atividades, ato unificado e em conjunto com as Centrais Rumo a Greve Geral
Bancários: Orientação da Contraf para intensificar a greve no dia 22
Santa Catarina
Educação:
 Paralisação das atividades, ato unificado e em conjunto com as Centrais Rumo a Greve Geral
Bancários: Orientação da Contraf para intensificar a greve no dia 22
Sergipe
Educação:
 Paralisação das atividades, ato unificado e em conjunto com as Centrais Rumo a Greve Geral
Bancários: Orientação da Contraf para intensificar a greve no dia 22
São Paulo
10h – Centrais entregam documento na FIESP – Nenhum Direito a Menos
14h – Assembleia Apeoesp – Av. Paulista – MASP
16h – Ato Por Nenhum Direito a Menos – Av. Paulista – MASP
Bancários: Orientação da Contraf para intensificar a greve no dia 22
Tocantins
Educação:
 Paralisação das atividades, ato unificado e em conjunto com as Centrais Rumo a Greve Geral
Bancários: Orientação da Contraf para intensificar a greve no dia 22
Escrito por: Marize Muniz • Publicado em: 20/09/2016 – 12:23 • Última modificação: 21/09/2016 – 17:38   – CUT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -

Mais Lidas